Quais são os diferentes tipos de trabalhos em ciências forenses?

Embora a cultura pop possa indicar que os trabalhos em ciências forenses se limitam a trabalhar em um laboratório executando testes em tecidos e fluidos corporais, há muitos outros que também valem a pena considerar. Além de analista de laboratório, médico legista, examinador de cena de crime ou engenheiro forense também são possibilidades. Independentemente da carreira escolhida, o objetivo final de todos os trabalhos de ciências forenses é cooperar com outros especialistas em aplicação da lei para reunir o máximo possível da cena do crime.

A maior parte do trabalho de um analista de laboratório é examinar evidências de uma perspectiva química e física. Testar fluidos e tecidos corporais e depois identificar a quem eles pertencem é a chave para solucionar muitos tipos de crimes. Do estupro ao assassinato, esse trabalho na ciência forense desempenha um papel fundamental em encontrar o agressor em muitos casos.

De todos os trabalhos de ciências forenses, o médico legista pode estar sujeito ao tipo de trabalho mais horrível. Quem escolher esta carreira será responsável pela realização das autópsias. Eles geralmente trabalham em laboratório, mas também podem ser chamados para trabalhar na cena do crime em algumas circunstâncias. Os corpos podem estar em vários estados de decadência. Há três perguntas principais que o médico legista precisará responder: a maneira da morte, a causa da morte e a hora da morte. A maneira da morte inclui uma das três possibilidades: homicídio, suicídio ou natural. A causa da morte pode ser algo como afogamento, tiro ou ataque cardíaco.

O examinador da cena do crime geralmente é responsável pela coleta de evidências que o examinador médico e o analista de laboratório examinarão durante o curso da investigação. Embora todos os trabalhos de ciências forenses exijam uma grande atenção aos detalhes, este exige ainda mais rigor para evitar comprometer ou destruir evidências. Sem ele, os que ocupam outros cargos em ciências forenses nunca terão a chance de fazer as importantes descobertas que podem resolver o caso.

O engenheiro forense trabalha com tipos muito técnicos de investigações para determinar causas e maneiras de incidentes. Por exemplo, alguém nesse trabalho forense pode precisar determinar se uma colisão no trânsito, ou incêndio em casa, foi intencional ou o resultado de um acidente. Isso geralmente envolve recriar as circunstâncias no momento em que o incidente ocorreu. Para fazer isso, o engenheiro forense deve voltar atrás, muitas vezes olhando para cada causa e efeito, para chegar a uma conclusão.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?