O que um psicólogo geriátrico faz?

Um psicólogo geriátrico presta cuidados de saúde mental para adultos mais velhos. Especialmente treinados em práticas terapêuticas, os indivíduos que trabalham neste campo são capazes de diagnosticar e tratar uma variedade de problemas psicológicos que afetam os idosos. Um psicólogo geriátrico também pode se comunicar com os cuidadores e médicos de um paciente idoso, em um esforço para garantir que os desafios físicos relacionados à saúde mental sejam tratados ou monitorados adequadamente.

À medida que os humanos envelhecem, uma variedade de mudanças físicas e problemas emocionais podem ter um impacto adverso na saúde mental. Como resultado, os idosos podem precisar da ajuda de um psicólogo geriátrico para lidar com os problemas do envelhecimento. Profissionalmente treinado para identificar problemas comuns entre o envelhecimento, como depressão e demência, um psicólogo geriátrico geralmente é a primeira pessoa a identificar as causas subjacentes de certas mudanças comportamentais e encaminhar um paciente a outro médico para atendimento médico, quando necessário.

Algumas das questões distintas com as quais um psicólogo geriátrico pode ajudar são: depressão relacionada à idade, ansiedade, mudanças psicossociais e gerenciamento de luto. O declínio da saúde mental geriátrica está freqüentemente relacionado a dores e doenças crônicas. Um psicólogo geriátrico é especialmente treinado para reconhecer esses problemas e ajudar os pacientes a descobrir maneiras saudáveis ​​de lidar com a dor e a doença.

Um psicólogo geriátrico pode trabalhar com um paciente individualmente ou pode fornecer aconselhamento a um grupo de pacientes. De fato, não é incomum que esses profissionais sejam encontrados trabalhando em instalações de atendimento em grupo, como casas de repouso. Alguns também trabalham com familiares e cuidadores na criação de estratégias para ajudar os pacientes a manter um senso de propósito e vitalidade.

Psicólogos especializados em cuidados geriátricos publicaram livros e outros materiais escritos para ajudar a sociedade a entender melhor o processo de envelhecimento. Muitas vezes, os idosos são retratados como desamparados ou inúteis em algumas partes do mundo. Esses estereótipos prejudiciais contribuem para o medo e a depressão que algumas pessoas enfrentam durante o envelhecimento, mas muitos especialistas em cuidados geriátricos trabalham para combater esses equívocos, promovendo estratégias para um envelhecimento saudável e enfatizando a importância dos idosos na sociedade.

Um psicólogo geriátrico também pode trabalhar em estreita colaboração com médicos especializados em psiquiatria geriátrica. Se a saúde mental de um paciente requer tratamento com medicamentos controlados ou outras terapias médicas, um psiquiatra geriátrico é mais adequado para oferecer assistência à saúde mental, pois esses profissionais são treinados em psicologia e medicina. Por exemplo, em casos graves de depressão ou outra doença mental, um psiquiatra pode ser mais fortemente utilizado para tratamento médico, pois indivíduos especializados apenas em psicologia geriátrica não são treinados em procedimentos médicos ou medicina geriátrica em geral.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?