O que é uma responsabilidade atual?

Passivo circulante é qualquer tipo de obrigação ou dívida que deve ser liquidada integralmente dentro de um ano civil. Exemplos desses tipos de passivos seriam faturas de mercadorias a serem pagas dentro de trinta dias após o recebimento, empréstimos de curto prazo que devem ser pagos em seis meses a um ano ou até mesmo dívidas que devem ser pagas imediatamente. Na maioria das situações, o passivo circulante é satisfeito usando ativos de caixa disponíveis para retirar a dívida, usando um cronograma estruturado que minimiza o acúmulo de dívida adicional na forma de encargos financeiros.

Uma das formas mais comuns de passivo circulante inclui as despesas mensais documentadas como contas a pagar nos registros contábeis. Os passivos desse tipo incluem despesas mensais básicas, como pagamentos de aluguel ou hipoteca, contas de serviços públicos e pagamentos mínimos devidos em empréstimos ou contas de crédito. Esses tipos de passivos são encontrados no balanço patrimonial. Em alguns casos, os itens de linha são organizados com base na data de vencimento associada a cada passivo, facilitando o pagamento de cada dívida nessa data ou antes dessa data, evitando assim a aplicação de taxas atrasadas ou juros adicionais.

A contabilização adequada do passivo circulante é importante, pois muitos credores analisarão essas despesas ao considerar a extensão de um empréstimo. O valor acumulado dos passivos combinados devidos a cada mês será comparado aos ativos em dinheiro disponíveis para cobrir essas obrigações de dívida. Para muitas famílias e empresas, o núcleo dos ativos em dinheiro é a renda ou receita mensal que é recebida. Se o credor considerar que a relação entre o passivo circulante de um solicitante e o ativo circulante indica que o empréstimo pode ser reembolsado de acordo com os termos do contrato de empréstimo, as chances de recebê-lo aumentam bastante.

Identificar e gerenciar obrigações de passivo circulante é do melhor interesse de todas as famílias, empresas ou outro tipo de entidade. Isso ajuda a manter uma classificação de crédito mais alta, especialmente se os credores reportarem regularmente que os pagamentos mínimos são recebidos no prazo e que as dívidas são liquidadas de acordo com os termos. Não fazer isso pode colocar em risco a classificação de crédito e, assim, dificultar a obtenção de financiamento e crédito quando necessário ou desejado. Com o tempo, essa falha no gerenciamento do passivo circulante de maneira responsável pode levar ao colapso completo da entidade e à falência.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?