O que é uma unidade bancária offshore?

Uma unidade bancária offshore (OBU) é uma instituição financeira que realiza transações no exterior ou em outro país. É uma agência de fachada ou uma divisão de um banco estabelecida em um centro financeiro offshore. Essa configuração permite que o banco realize negócios monetários e transações de câmbio internacional. A unidade bancária offshore geralmente está isenta dos regulamentos do país anfitrião. Alguns privilégios fiscais também são fornecidos como incentivos para o estabelecimento de uma instituição bancária lucrativa naquele país.

O mercado do euro foi a primeira unidade bancária offshore estabelecida. Foi seguido por Cingapura, Hong Kong, Bahrain e depois por muitos outros países. Até 1990, os lucros das unidades bancárias offshore eram enormes, mas após a década, seu crescimento tornou-se moderado.

Normalmente, um banco comercial possui uma unidade bancária doméstica e também uma unidade bancária offshore. A unidade bancária doméstica geralmente fornece serviços bancários para os residentes do país em que está instalada. Uma unidade bancária offshore geralmente presta serviços a residentes de outro país.

A maioria das unidades bancárias offshore são estabelecidas em áreas geograficamente remotas. Sua presença em locais estratégicos muitas vezes motiva a construção de centros de negócios na região e freqüentemente gera crescimento econômico. Uma unidade bancária offshore também isola as contas de sanções econômicas e políticas, dando aos depositantes segurança contra os riscos de distúrbios políticos e ameaças de ativos congelados.

A unidade bancária offshore geralmente não concorre com os bancos domésticos já estabelecidos na área. Em vez disso, permite que exista uma concorrência saudável entre instituições financeiras, proporcionando às empresas um equilíbrio adequado de serviços. As unidades bancárias offshore também operam com menor custo devido a baixas despesas gerais e incentivos governamentais, portanto, podem fornecer taxas de juros mais altas.

Muitas pessoas se envolvem em operações bancárias offshore, a fim de manter seu dinheiro ou ativos seguros e, ao mesmo tempo, isentando-os de pagar impostos. A confidencialidade e sigilo oferecidos por uma unidade bancária offshore também a tornam mais atraente para muitos investidores estrangeiros. Por meio dessa instituição, muitos investidores também têm oportunidades de entrar no mercado global.

Existem, no entanto, algumas desvantagens de ter uma conta bancária offshore. A instituição provou não ser financeiramente confiável em tempos difíceis. Por exemplo, durante a crise bancária de 1988, aqueles que depositaram seus fundos no exterior perderam seu dinheiro. Também se suspeita que as unidades bancárias offshore tenham vínculos com crimes organizados e economia subterrânea. Foi recriminado por ajudar a transações duvidosas, como lavagem de dinheiro e outras operações ilegais.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?