O que é verdadeiro e valor justo?

O valor verdadeiro e justo, para fins contábeis, é um valor considerado preciso e razoável pela pessoa que preparou uma declaração. Esse termo pode ser usado em vários contextos, incluindo avaliação de propriedades para impostos e preparação de relatórios de auditoria para empresas. Não existem definições rígidas e rápidas, embora as práticas contábeis geralmente aceitas forneçam algumas orientações aos contadores que desejam preparar relatórios com um alto grau de confiabilidade. As declarações podem ser assinadas ou carimbadas com um indicador de que o valor é verdadeiro e justo, na opinião do preparador.

O componente “verdadeiro” do valor verdadeiro e justo se refere à confiabilidade das informações na declaração. Indica que todos os números citados são considerados precisos, com base no conhecimento da situação pelo preparador. Nas demonstrações contábeis corporativas, por exemplo, os números normalmente são arredondados para facilitar a contabilidade, mas geralmente devem estar corretos. Isso inclui não apenas declarações de transações em dinheiro, mas também ativos.

A avaliação justa é baseada no cumprimento de uma série de padrões para determinar o valor de um ativo. Isso garante que os contadores usem consistência na preparação das declarações financeiras. Alguns ativos são difíceis de avaliar porque não possuem equivalentes prontos que podem ser usados ​​para comparação. As ações, por exemplo, são relativamente fáceis de avaliar porque são compradas e vendidas no mercado aberto e as pessoas podem procurar números para ações idênticas. O setor imobiliário é mais complexo, porque não existe um equivalente idêntico para o comparar.

O estabelecimento de valor verdadeiro e justo é importante para atividades como a determinação do passivo tributário. Os contadores geralmente desejam minimizar a responsabilidade de seus clientes ou empregadores, usando os meios legais disponíveis para fazê-lo, como reivindicar deduções razoáveis ​​e observar que a propriedade se deprecia ao longo do tempo. Quando declaram que os demonstrativos refletem o valor verdadeiro e justo, eles mantêm as reivindicações feitas no demonstrativo e acreditam que é um reflexo preciso dos saldos das contas e das reservas de ativos.

Os padrões para os contadores podem depender dos tipos de documentos que estão preparando. Diretrizes detalhadas e extensas estão disponíveis em organizações profissionais para incentivar os contadores a usar métodos consistentes, justos e razoáveis ​​em seu trabalho. A consistência é fundamental, pois as contas preparadas por um contador devem parecer semelhantes se forem preparadas por outro profissional de contabilidade. Se houver diferenças radicais, um ou ambos não estão seguindo os padrões contábeis. Os auditores podem preparar suas próprias estimativas de valor verdadeiro e justo para comparar com os totais declarados nas declarações contábeis.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?