Como evitar a exposição à hepatite C?

O vírus da hepatite C (HCV) é transmitido principalmente pelo contato com o sangue, o que significa que a exposição à hepatite C pode ser parte de qualquer atividade ou interação na qual existe o risco de entrar em contato com o sangue de outra pessoa. Abster-se da injeção de drogas é um método comum de evitar a exposição à hepatite C, pois agulhas ou seringas infectadas usadas por quem está injetando drogas tendem a ser os maiores modos de transmissão. A obtenção de tratamento médico, assim como tatuagens ou piercings corporais, em instalações legítimas e confiáveis, também reduz o risco de exposição. Recomenda-se também um comportamento responsável em relação a itens pessoais e certas práticas sexuais. Aqueles que apresentam maior risco ocupacional de exposição à hepatite C devem adotar as técnicas de precaução apropriadas para sua linha de trabalho.

O comportamento consciente do uso de drogas é um elemento-chave para evitar a exposição à hepatite C. Aqueles que usam ou usaram injeções de drogas tendem a estar em maior risco de infecção devido ao aumento da exposição a agulhas potencialmente impuras ou a outros equipamentos relacionados a drogas. Seringas limpas e técnicas seguras de injeção podem ajudar a reduzir a probabilidade de dano, embora educação e abstinência sejam geralmente os métodos mais seguros para evitar a exposição.

Normalmente, o uso de instalações médicas, odontológicas, de tatuagem e de piercings legítimas é suficiente para evitar a exposição à hepatite C. Embora exista um grande risco de infecção associado a agulhas, seringas ou outras ferramentas médicas limpas incorretamente, o descarte adequado e a esterilização meticulosa e minuciosa de todo o equipamento médico são normalmente suficientes para reduzir o risco a zero. Frequentar instalações credíveis que sigam adequadamente as precauções médicas padrão é essencial para evitar qualquer risco de infecção.

Compartilhe itens pessoais, como escovas de dentes, aparelhos de barbear e outros equipamentos de higiene, com cuidado, pois isso pode levar facilmente à exposição à hepatite C. Esses itens podem ser rapidamente contaminados com sangue e nem sempre podem ser esterilizados ou descartados adequadamente. O risco aumenta durante as circunstâncias em que uma pessoa tem feridas abertas ou feridas que podem entrar em contato direto com seus itens de cuidados pessoais, especialmente incluindo sangramento durante a escovação, uso do fio dental ou barbear. Embora a hepatite C geralmente não seja transmitida por meio de contato casual normal, como abraçar, beijar ou compartilhar alimentos, tome as devidas precauções durante qualquer situação que exija a convivência com alguém que possa ter o vírus.

Hábitos maduros relacionados ao comportamento sexual e à prevenção de certas atividades sexuais costumam ser suficientes para evitar a hepatite C. A transmissão sexual do vírus em geral tende a ser rara porque a transmissão ocorre principalmente através do sangue e não simplesmente de qualquer fluido corporal. Embora o risco de contrair a doença por meio de relações vaginais heterossexuais seja baixo, outras situações sexuais têm maior chance de exposição. Isso inclui situações que incorporam níveis mais altos de impacto ou penetração, além de comportamentos nos quais qualquer pessoa envolvida já possui feridas ou verrugas devido a uma doença anterior. As decisões responsáveis ​​são quase sempre necessárias nesses casos, mas a abstenção dessas atividades é a única maneira de evitar qualquer risco de exposição.

Aqueles que têm risco ocupacional de exposição à hepatite C geralmente precisam prestar mais atenção à proteção de si mesmos e à esterilização adequada do ambiente durante o trabalho. Pessoal médico ou militar, aqueles que praticam esportes de contato e socorristas, como paramédicos, podem estar em maior risco por causa de sua maior exposição a feridas abertas e contato próximo com outras pessoas. Estratégias de precaução e atenção escrupulosa ao saneamento são muitas vezes suficientes para reduzir significativamente as chances de infecção.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?