Como reconheço os sintomas da doença da vaca louca?

A doença da vaca louca, também conhecida como encefalopatia espongiforme bovina (BSE) ou nova variante da doença de Creutzfeldt-Jakob (vCJD), pode ser difícil de reconhecer. Esse distúrbio neurológico degenerativo é causado pela ingestão de carne contaminada com um agente chamado príon, que é uma proteína anormal. Os sintomas da doença da vaca louca geralmente começam com problemas psiquiátricos. Mais tarde, surgem problemas com habilidades cognitivas e função neurológica. Infelizmente, os sintomas geralmente progridem e causam morte nos pacientes após aproximadamente um ano.

Uma razão pela qual os sintomas da doença da vaca louca podem ser difíceis de identificar é que eles podem aparecer em pacientes muitos anos após consumir o produto de carne contaminado. É possível que um paciente não tenha sintomas por anos ou décadas após a exposição inicial ao príon. Além disso, alguns dos primeiros sintomas da doença da vaca louca geralmente não são específicos e os pacientes podem receber outros diagnósticos antes de serem identificados como portadores dessa condição.

Os primeiros sintomas da doença da vaca louca são frequentemente problemas psiquiátricos. A depressão é o sintoma inicial mais comum dessa doença degenerativa e os pacientes podem relatar tristeza, perda de interesse em atividades prazerosas, culpa e diminuição de energia. Alguns pacientes apresentam sintomas de psicose e podem ter alucinações visuais ou auditivas ou ficar paranóicos sobre vários aspectos de suas vidas. Outros sintomas psiquiátricos podem incluir ansiedade, insônia e apatia.

Alguns dos próximos sintomas da doença da vaca louca que podem ser observados nos pacientes afetados envolvem problemas com a função cognitiva ou a capacidade de pensar corretamente. Os pacientes podem experimentar um início repentino de perda de memória ou demência. Às vezes, pode ser difícil diferenciar esses sintomas das síndromes mais comuns que causam demência, como a doença de Alzheimer. Para distinguir entre os dois, os médicos precisam levar em consideração a rapidez com que os sintomas evoluem e a idade do paciente afetado. Um rápido início de perda de memória em um paciente jovem seria mais consistente com a vCJD, enquanto um lento início de demência em um paciente mais velho provavelmente seria a doença de Alzheimer.

A progressão da doença normalmente continua a envolver outros elementos do sistema nervoso. A doença na parte do cérebro e da medula espinhal que regula o movimento pode resultar em sintomas como movimentos involuntários ou paralisia muscular. A atividade desta doença no cerebelo pode levar a problemas de equilíbrio e manutenção de um padrão de marcha estável. Os nervos cranianos, que são importantes para a sensação e movimento da face, podem ser afetados e resultar em sintomas como mobilidade ocular limitada, problemas de deglutição e fala arrastada.

Os sintomas da doença da vaca louca geralmente progridem rapidamente e resultam em morte aproximadamente um ano após o início. Os pacientes podem falecer depois que os músculos responsáveis ​​pela respiração não funcionam mais adequadamente. Outras causas de morte podem incluir infecção ou falha do sistema cardiovascular.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?