O que é a Free Software Foundation?

A Free Software Foundation (FSF) é uma corporação sem fins lucrativos, fundada nos EUA em 1985 com a missão declarada "de promover a liberdade do usuário de computador e de defender os direitos de todos os usuários de software livre". O software livre é definido pela FSF como um software com código fonte livremente acessível que pode ser executado, copiado, distribuído, estudado, alterado e aprimorado sem restrições. A Free Software Foundation está ativa em todo o mundo e afirma ter 3.000 membros ativos em 48 países. Ele promove e apóia o desenvolvimento e a adoção de software livre e faz campanhas contra o que considera uma restrição à liberdade de software, como software proprietário e direitos autorais da interface do usuário. Os recentes esforços de desenvolvimento de software da FSF concentraram-se em seus projetos de alta prioridade, incluindo o desenvolvimento de um software gratuito Flash player, software gratuito para gerenciamento de PDF e edição de vídeo e alternativas gratuitas ao Skype e Google Earth.

Em seu site, a Free Software Foundation mantém a Definição de Software Livre. Esta é uma lista das quatro liberdades que a FSF considera essenciais para os usuários, se um programa for considerado software livre: a liberdade de executar o programa para qualquer finalidade; a liberdade de estudar e fazer alterações no código fonte do programa; a liberdade de redistribuir cópias do software; e a liberdade de distribuir cópias de versões modificadas do programa. Outras atividades da FSF incluem a publicação de uma licença de software livre e a hospedagem de projetos de software livre em seus servidores.

O projeto de desenvolvimento de software mais importante suportado pela Free Software Foundation é o GNU-project, um sistema operacional de software livre que foi concluído em 1992. A organização ainda está envolvida no desenvolvimento de software livre para este projeto, mas grande parte de seu foco tem sido mudou para iniciativas políticas, questões legais e conscientização do público. Por exemplo, a FSF faz campanha contra patentes de software e Gerenciamento de direitos digitais (DRM), que vê como violação da liberdade de software.

A FSF também promove o formato de áudio gratuito OGG + Vorbis como uma alternativa ao mp3 e AAC, e patrocinou campanhas contra determinados softwares proprietários, incluindo o Windows Vista, a chamada campanha "BadVista". Algumas pessoas na indústria de computadores criticaram essas campanhas por serem muito negativas e afirmam que o software livre nem sempre é uma alternativa confiável para os usuários. A Free Software Foundation geralmente trabalha em conjunto com outras organizações no movimento do software livre. Isso inclui o Software Freedom Law Center (SFLC), a Electronic Frontier Foundation (EFF) e a League for Programming Freedom (LPF).

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?