O que é carga seca?

Carga seca é um termo usado para descrever mercadorias sólidas e secas e não exige tipos especiais de precauções durante o processo de remessa. As mercadorias desse tipo não são de qualquer tipo de gás ou líquido e podem ser enviadas em contêineres que não possuem nenhum tipo de equipamento de controle de temperatura incluído. Existem vários tipos de mercadorias que podem ser considerados carga seca, incluindo alguns bons produtos secos, metais como ferro ou aço e até alguns tipos de grãos de alimentos com maior tolerância ao calor ou ao frio.

O transporte de carga seca é considerado relativamente simples de realizar. As mercadorias incluídas neste tipo de remessa exigem nada além de embalagem e armazenamento adequados dentro do contêiner de expedição para serem transportados de um ponto de origem até um ponto de destino. É improvável que produtos desse tipo estraguem, mesmo que exista calor ou frio extremo durante o processo de remessa. Como a carga seca representa menos despesas para o remetente para garantir que as mercadorias cheguem em condições de uso, os custos avaliados para o processo de remessa são geralmente mais baixos que os custos de remessa de mercadorias que requerem manuseio especial adicional.

Um contêiner de carga seca normalmente é hermético, impedindo efetivamente qualquer elemento externo de danificar as mercadorias que estão sendo transportadas. Isso é verdade se as mercadorias estão sendo enviadas por via férrea, pela estrada ou por água. Navios de carga seca, caminhões e vagões normalmente não incluem equipamentos para manter a temperatura interna dos contêineres dentro de um determinado intervalo, pois os produtos secos não são afetados pelas mudanças de temperatura. Normalmente, o potencial de umidade que entra no contêiner, bem como os danos sofridos se a mercadoria se desloca durante o transporte, são as duas áreas de preocupação ao transportar qualquer tipo de carga seca.

Muitas nações fornecem regulamentos específicos sobre o transporte de carga seca dentro de suas fronteiras. Além disso, o processo de importação ou exportação desse tipo de carga também é normalmente coberto pelas regulamentações governamentais de comércio entre os dois países envolvidos. Os expedidores observam esses regulamentos e também tendem a informar seus clientes sobre quais precauções devem ser tomadas na preparação das mercadorias para embarque, que tipo de processos de carregamento e descarregamento estarão envolvidos e o que esperar em termos de encargos pela prestação do serviço de remessa. Quando seguidas adequadamente, as chances de contaminação devido à exposição à umidade ou danos causados ​​pela mudança durante o transporte são minimizadas, permitindo que as mercadorias cheguem ao destino pretendido nas mesmas condições em que saíram do porto de origem.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?