O que são resíduos industriais perigosos?

Resíduo industrial perigoso é qualquer tipo de resíduo produzido por uma empresa como parte da produção contínua de bens e serviços. Na maioria dos países, o descarte desse tipo de lixo deve ser realizado em conformidade com os regulamentos estabelecidos por uma agência governamental encarregada de proteger a ecologia da comunidade onde a empresa opera as instalações. Nos Estados Unidos, essa tarefa geralmente é gerenciada pela Agência de Proteção Ambiental, ou EPA.

Ao mesmo tempo, o descarte de resíduos industriais perigosos não era monitorado por agências governamentais. Isso significava que as empresas deviam, por conta própria, reciclar ou processar os resíduos de maneira responsável, ética e econômica. Com o tempo, o fato de nem todas as operações de negócios descartarem resíduos industriais perigosos de maneira a não causar danos ao meio ambiente ou a indivíduos que vivem na comunidade tornou necessário estabelecer regulamentos e impor multas a qualquer empresa que não seguisse esses regulamentos. Até o final do século 20, a maioria das nações do mundo havia criado algum tipo de padrão para eliminação de resíduos industriais perigosos que as empresas que operam dentro de suas fronteiras deveriam seguir.

Atualmente, um dos meios mais comuns de gerenciar resíduos industriais perigosos é reciclar esses resíduos em novos produtos que são seguros para uso e não representam ameaça ao meio ambiente. Embora um pouco onerosa, essa abordagem pode minimizar a necessidade de novas matérias-primas a serem usadas no processo de produção, compensando efetivamente o custo de purificação dos resíduos. Outras vezes, o esforço de reciclagem se concentra na limpeza dos resíduos, para que produtos completamente novos possam ser desenvolvidos a partir dos materiais purificados. Essa estratégia não apenas diminui o uso de recursos naturais limitados, mas também aumenta as opções abertas aos consumidores ao comparar o custo e a qualidade dos produtos fabricados com materiais reciclados versus os produtos fabricados com recursos naturais recém-colhidos.

Quando os resíduos industriais perigosos não podem ser reciclados e usados ​​com segurança, isso significa que é necessário algum tipo de programa de resíduos perigosos para gerenciar o descarte. Em alguns países, isso significa acondicionar os resíduos em recipientes selados que são transportados para instalações específicas reservadas para armazenar os resíduos perigosos. Essa abordagem evita o despejo de resíduos nos cursos de água ou o enterro em aterros, ambas abordagens que podem criar muitos danos à ecologia local. Todas as formas de disposição de resíduos industriais perigosos devem estar em conformidade com todos os regulamentos de resíduos perigosos exigidos pelos governos locais e nacionais. Não fazer isso pode levar a vários tipos de multas, ao fechamento de instalações de fabricação e ao pagamento de todos os esforços necessários para reverter os danos causados ​​pelo descarte irresponsável de resíduos perigosos.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?