Quais são os diferentes tipos de tratamento da anemia falciforme?

O tratamento da anemia falciforme geralmente consiste em uma combinação de várias abordagens possíveis, incluindo drogas, transplantes de medula óssea, transfusões de sangue e administração de oxigênio. Os principais objetivos do tratamento são gerenciar a dor e o desconforto, evitar infecções e aumentar o nível de glóbulos vermelhos na corrente sanguínea. O tipo e a intensidade do tratamento da anemia falciforme variam de acordo com a progressão e gravidade da doença. A maioria dos tratamentos é capaz de tratar apenas os sintomas, em vez de fornecer uma cura completa.

Existem diferentes tipos de medicamentos que podem ser usados ​​no tratamento da anemia falciforme, dependendo da idade e do estado do paciente. A administração regular de antibióticos é comum entre crianças pequenas que sofrem da doença, pois isso ajuda a evitar infecções graves. Os medicamentos prescritos e os vendidos sem receita podem ser prescritos para pacientes de qualquer idade que experimentem dor como resultado de sua condição. Pacientes com uma forma grave e mais avançada de anemia falciforme podem tomar hidroxiureia, tanto para diminuir a necessidade de transfusões de sangue quanto para controlar a dor. Um efeito colateral grave da hidroxiureia, no entanto, é que ela também reduz o número de glóbulos brancos na corrente sanguínea que combatem infecções.

Outro tratamento comum da anemia falciforme é a transfusão de sangue. Isso pode ajudar a elevar níveis anormalmente baixos de glóbulos vermelhos no corpo. O paciente receberá células que foram extraídas do sangue de doadores do mesmo tipo ou de um tipo compatível. Aqueles que recebem transfusões regulares geralmente também tomam medicamentos para reduzir a quantidade excessiva de ferro que as transfusões introduzem no corpo.

A anemia pode deixar muitos pacientes com falta de ar. Alguns pacientes receberão administração regular de oxigênio suplementar para gerenciar as dificuldades respiratórias que surgem como resultado da condição. Este método é geralmente reservado para indivíduos em um estágio mais grave ou avançado da doença.

Um dos tratamentos mais agressivos para a anemia falciforme é o transplante de medula óssea e células-tronco. O procedimento requer tempo de recuperação prolongado e acompanhamento médico extenso. Embora seja o tratamento mais provável para fornecer uma cura completa, geralmente é reservado para os pacientes mais afetados pela doença. Isso ocorre devido aos riscos associados ao transplante, como a possibilidade de o corpo rejeitar violentamente a medula externa.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?