O que é um deck de cassetes duplo?

Um toca-fitas duplo, às vezes chamado de toca-fitas duplo, é um reprodutor e gravador de áudio com dois compartimentos ou poços para fitas cassete. À medida que a primeira fita é reproduzida, o áudio pode ser copiado para a segunda fita. A gravação pode prosseguir na velocidade normal para ouvir o áudio, ou um toca-fitas duplo pode acelerar a gravação com um recurso comum chamado dublagem em alta velocidade.

O poço de gravação de um toca-fitas duplo também pode ser usado para gravar de outras fontes de áudio. Isso pode incluir uma plataforma giratória, CD player, rádio ou microfone em um sistema de componentes de áudio. No entanto, um deck de cassetes duplo não pode gravar tipicamente de várias fontes de áudio simultaneamente.

Outros recursos comuns entre os decks de cassetes duplos são a reversão automática e a reprodução de relé. Por meio desses recursos, um ouvinte pode ouvir os quatro lados de dois cassetes sem parar e reiniciar manualmente o player ou virar os cassetes. Quando o aparelho chega ao final de um lado de uma fita, o outro lado começa automaticamente. Essa ação é chamada reversão automática. Quando o segundo lado de uma fita termina, a fita no outro poço pode ser acionada para reproduzir através do recurso de reprodução em retransmissão.

Alguns decks de cassetes também oferecem a capacidade de converter áudio de um cassete padrão ou analógico em um formato de CD (CD) ou um formato de áudio digital, como um arquivo MP3. Isso é útil para pessoas que possuem coleções de músicas anteriores a CDs e MP3s e que desejam ouvir essas coleções em players digitais. Um deck de cassetes duplo tem tipicamente cerca de 43 cm de largura, 33 cm de profundidade e 13 cm de altura. Exige que uma superfície plana seja colocada, uma tomada elétrica seja conectada e geralmente requer alto-falantes separados para ouvir o áudio.

As vendas do deck de cassetes duplo atingiram o pico nas décadas de 1980 e 1990, mas as raízes de sua popularidade final foram estabelecidas na década de 1960, com o desenvolvimento de cassetes compactos. Em meados da década de 1970, no entanto, o público adotou cassetes compactas como uma alternativa às configurações existentes, maiores e mais complicadas, de bobina a bobina para gravação de áudio. A introdução da Sony em 1980 de um player pessoal do tamanho de uma palma chamado Walkman® aumentou ainda mais a popularidade dos cassetes. Os compradores agora tinham uma maneira fácil de ouvir música em qualquer lugar, usando fones de ouvido.

Durante grande parte das décadas de 1980 e 1990, os cassetes compactos também foram o formato preferido para outros tocadores de áudio móveis, principalmente tocadores de carros. As cassetes eram menores e mais fáceis de guardar do que as fitas de oito faixas anteriormente populares. As cassetes compactas também tinham uma vantagem sobre os discos de vinil tocados em toca-discos em residências: podiam ser tocados na estrada sem pular ou ser danificados a cada instante.

À medida que as cassetes compactas se tornaram mais prevalentes e melhoraram a qualidade do som, os amantes da música gravitaram em direção a decks de cassetes duplos, como um meio de personalizar listas de reprodução em fitas mistas. Por exemplo, um corredor pode escolher uma variedade de músicas de alta energia de diferentes álbuns de cassetes para o seu Walkman®. Um pretendente pode escolher uma variedade de canções de amor para dar interesse a um amor. Ao tocar no desejo do público de personalizar uma experiência de audição, o toca-fitas duplo lançou as bases para muitas das tendências subseqüentes nos aparelhos de música.

OUTRAS LÍNGUAS

Este artigo ajudou você? Obrigado pelo feedback Obrigado pelo feedback

Como podemos ajudar? Como podemos ajudar?